163° dia. De Campo Maior a Piripiri

163° dia. De Campo Maior a Piripiri

set 17, 2013

Nosso dia começou cedo. Às 5:30h já estávamos pedalando, pois para chegar à cidade de Piripiri deveríamos andar 83 km.
Na saída de Campo Maior,  paramos no monumento dedicado aos heróis da Batalha de Jenipapo. No local há um cemitério rústico para aqueles que perderam a vida lutando pela unidade da federação.

wpid 20130917 0617561 163° dia. De Campo Maior a Piripiri

wpid 20130917 062130 163° dia. De Campo Maior a Piripiri

                      Cemitério

wpid 20130917 062329 163° dia. De Campo Maior a Piripiri

A BR 343, com seu asfalto e acostamento perfeitos, continua sendo nosso caminho. O relevo tem subidas bem suaves, quase plano. Com cidades pelo caminho, pedalar debaixo desse sol escaldante fica bem mais tranquilo, pois podemos contar com água fresca. Passamos pelas cidadezinhas de Cocal de Telha e Capitão de Campos.

wpid 20130917 093412 163° dia. De Campo Maior a Piripiri

No passado havia uma malha ferroviária ligando vários municípios do estado até o litoral e,  durante a viagem,  seguimos por diversas vezes paralelos a ela. Dá tristeza ver tudo abandonado!
Chegamos a Piripiri antes de 12 h, foi a primeira vez que percorremos mais de 80 km apenas na parte da manhã. Nosso melhor aproveitamento.
No caminho, fizemos um pequeno levantamento do nosso tour pelo Piauí e selecionamos algumas das  delícias típicas do estado que já provamos:

                       Piaba frita

 163° dia. De Campo Maior a Piripiri

                         Cajuína

 163° dia. De Campo Maior a Piripiri

Cremosinho, um sorvete de iogurte delicioso, custa R$ 0,50

wpid 20130911 131617 1 163° dia. De Campo Maior a Piripiri

Guaraná Jesus, que apesar de ser maranhense, não encontramos no Maranhão, só no Piauí

 163° dia. De Campo Maior a Piripiri

                    Maria Isabel

Amanhã seguiremos para o Parque Nacional Sete Cidades.

Compartilhe e Curta!
 163° dia. De Campo Maior a Piripiri

Sobre

Romulo e Mariana são casados, amam o cicloturismo e estão dando a volta ao mundo em uma bicicleta tandem.

Outras Aventuras:


Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/pacot547/public_html/doisnabike.com.br/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273