2° semana na Chapada dos Veadeiros

2° semana na Chapada dos Veadeiros

jul 27, 2013

Mais uma semana de aprendizados e vivências inesquecíveis aqui.
Sábado caminhamos pela cidade,  pagamos algumas contas e conhecemos a Feira dos Produtores Rurais.
O ritmo da cidade é muito lento, calmo, sem pressa…
Na “Padaria Caseira”, que realmente fica dentro de uma casa, fomos atendidos por dois meninos que saíram correndo para a sala. Um gritava “tem gente na padaria!”, enquanto o outro confirmava “tem mermo!”. A dona veio em seguida, lentamente e sonolenta para nos atender. Ela faz  pães e bolos, porém quando perguntamos pelos bolos, ela explicou que ficou com muita preguiça de fazer e além do mais a farinha só chegaria na segunda-feira. Rimos muito e saímos de lá com um “preguiçoso” pão de batata. Delicioso!
No domingo, fomos de bicicleta até o povoado de Moinho, onde está localizado o Parque Solarium, com as cachoeiras Anjos e Arcanjos. Ainda existe uma área para banho no caminho conhecido como Flor de Ouro, que é um rio com uma prainha de águas cristalinas.
Para chegar às cachoeiras,  percorremos 2 km de asfalto e 13 km de estrada de terra extremamente seca e com muita poeira, muita mesmo!
A trilha tem aproximadamente 2 km de acesso de dificuldade moderada.

wpid 20130721 110214 2° semana na Chapada dos Veadeiros

wpid 20130721 120638 2° semana na Chapada dos Veadeiros

                        Arcanjos

wpid 20130721 125648 2° semana na Chapada dos Veadeiros

                           Anjos

wpid 20130721 124354 2° semana na Chapada dos Veadeiros

                         Trilha

Segunda-feira fomos de bicicleta para o Vale Dourado. São 15 km pela ciclofaixa sentido São Jorge e mais 9 km de estrada de terra (4,5 de subida e 4,5 de descida). Ao chegarmos no portão, vimos que o local estaria aberto de sexta a domingo somente, mesmo assim seguimos em frente.
Lá, fomos recebidos pelos proprietários, que muito gentilmente nos deixaram tomar banho nas refrescantes praias de rio. Eles nos contaram que há 33 cachoeiras em sua propriedade e algumas ainda inexploradas. Uau!
Antes do banho, o Sr. Dal Col pediu que ouvissemos uma mensagem de paz e solidariedade que recebeu através de uma viagem interplanetária que realizou em 1999 a um povo bem mais evoluído que o nosso. Este planeta sofreu uma grande transformação cultural e espiritual após um período de conflituosa transição. Segundo ele, a Terra está passando por um momento semelhante.
Ele disponibilizou dois livros gratuitamente pela internet contando sobre sua experiência.
Mais informações:
www.ecovilavaledourado.com

wpid 20130722 122929 2° semana na Chapada dos Veadeiros

                Dal Col e Solange

Na terça, descansamos e começamos a ler o livro do Dal Col.
À noite tentamos ir ao show do Lenine na vila de São Jorge. O único ônibus para lá passaria na rodoviária entre 17:30h e 19h. Ok. Ficamos esperando até às 21h e nada! Um descaso… Depois aprendemos que todos vão a São Jorge de carona, pois não se pode confiar no horário do ônibus, que às vezes nem aparece! Coisas de Alto Paraíso…
Na quarta, mais uma aventura frustrada: decidimos ir à vila de bicicleta. Os primeiros 23 km com ciclofaixa foram uma beleza. Paramos para admirar o Jardim de Maytrea,  mirante que é um cartão postal da Chapada dos Veadeiros e uma das fotos mais famosas. Pudemos observar também o Morro da Baleia e o Morro do Buracão.

wpid 20130724 102653 2° semana na Chapada dos Veadeiros

wpid 20130724 162843 1 2° semana na Chapada dos Veadeiros

wpid 20130724 163556 2° semana na Chapada dos Veadeiros

                 Morro da Baleia

wpid 20130724 102545 2° semana na Chapada dos Veadeiros

               Morro do Buracão

Terminado o asfalto, começou nosso desafio. A cada carro que passava,  éramos encobertos pela poeira e ficávamos um tempo sem enxergar nada. Depois vieram as “costelas de vaca”, ondulações finas e contínuas que faziam nossos ossos sacudirem como numa convulsão.
Como se não faltasse mais nada, um dos pedais dianteiros saiu, pois a rosca que o prendia ao pé de vela simplesmente acabou!
No meio de toda a poeira, parados tentando solucionar o problema, parou uma caminhonete e nos ofereceu carona até a vila.

wpid 20130724 112031 2° semana na Chapada dos Veadeiros

Os salvadores: Rafael, Vanessa e Felipe

Chegando lá, eles nos deixaram numa oficina. Seu Tomé, o proprietário que conserta carros, bicicletas e afins, resolveu soldar o pedal, fazendo antes uma espécie de prego com a solda para conseguir prendê-lo. Ao realizar tal procedimento, ele conseguiu romper o cabo de aço que controla as marchas, piorando nossa situação.
Sorte que levamos um cabo extra. Seu Tomé, sem saber arrumar o cabo, disse: ” Isso tá mais difícil que mastigar água, consertar eu não sei, só sei arrebentar”. Depois de  muitas gargalhadas  e com muita paciência, por conta própria, colocamos o cabo no lugar.
A volta foi desgastante e lenta demais, pois o trabalho de Seu Tomé foi desmanchando pelo caminho…
Sem carona dessa vez, demoramos três horas para chegar em casa.
Na quinta,  com a bicicleta prejudicada, pegamos carona com um casal de Anápolis que seguia para a Vila. Henrique e Barla foram super simpáticos e fomos rindo até lá com suas histórias sobre Alto Paraíso.
Queríamos conhecer finalmente o Parque Nacional e decidimos fazer a chamada Trilha dos Saltos.
A Trilha dos Saltos é o atrativo mais visitado do Parque e cartão postal da Chapada. Uma caminhada de 6km pelo cerrado com lindo visual da Serra de Santana até o Mirante do Salto I, de 120 metros. A trilha segue para um banho no Rio Preto em frente a uma cachoeira de 80 metros, Salto II. O grau da caminhada é de médio a pesado.
Durante o banho em Salto II,  encontramos Juliana e Roberta, amigas nossas de Niterói. Elas estavam de folga e resolveram passear na Chapada. Graças a este encontro fizemos uma nova amiga, outra Juliana, que estava com elas no passeio.
Foi surpreendente encontrá-las. Ficamos super felizes em matar saudades e falar sobre familiares e amigos. De lá,  fomos todos juntos para as Corredeiras, um local lindíssimo para banho, localizado em outra trilha de fácil acesso.

wpid 20130725 104925 2° semana na Chapada dos Veadeiros

wpid 20130725 104810 2° semana na Chapada dos Veadeiros

                          Salto I                       

wpid 20130725 145955 2° semana na Chapada dos Veadeiros

                     Corredeiras

Combinamos com elas de irmos à Catarata dos Couros no dia seguinte.
Na Sexta-feira fomos com uma empresa de passeios turísticos para as Cataratas, pois o acesso se dá por uma estrada “off road” de 35 km e as trilhas exigem experiência.
Uma dica: combine e confirme o valor do passeio na hora, para não ter surpresa desagradável na hora do pagamento, como tivemos, infelizmente.
As Cataratas dos Couros são formadas pelo Rio dos Couros, que “corta” as pedras e forma um fantástico conjunto de cachoeiras, cascatas, piscinas e paredões. Cenário deslumbrante!  Dependendo de onde se quer chegar, a caminhada pode ser leve ou pesada.
Fizemos caminhada de 3 km, parando em quatro quedas. Cenário de tirar o fôlego.

wpid 20130726 115022 2° semana na Chapada dos Veadeiros

wpid 20130726 115439 2° semana na Chapada dos Veadeiros

               Yoga na cachoeira

wpid 20130726 124505 2° semana na Chapada dos Veadeiros

      Juliana, Roberta e Juliana

wpid 20130726 130933 2° semana na Chapada dos Veadeiros

wpid 20130726 134713 2° semana na Chapada dos Veadeiros

wpid 20130726 114919 2° semana na Chapada dos Veadeiros

Toda a região de Alto Paraíso fica sobre uma imensa placa de cristal de quartzo, o mais antigo patrimônio geológico do continente, formado há 1 bilhão e 800 milhões de anos. Aqui, entre cânions rochosos, trilhas, cachoeiras e poços de água cristalina você vai sentir toda a força e energia do cerrado.
Um povoado charmoso e simpático, São Jorge é a porta de entrada do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, uma antiga vila de garimpeiros que extraíam o quartzo do início do século XX e que hoje tem como atividade principal o ecoturismo.

Compartilhe e Curta!
 2° semana na Chapada dos Veadeiros

Sobre

Romulo e Mariana são casados, amam o cicloturismo e estão dando a volta ao mundo em uma bicicleta tandem.

Outras Aventuras:


Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/pacot547/public_html/doisnabike.com.br/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273