81° dia. De Paraopeba a Felixlândia

81° dia. De Paraopeba a Felixlândia

jun 27, 2013

Hoje a expectativa era grande, pois fazia bastante tempo que não pedalávamos por mais de 50 km, e pelos nossos cálculos deveríamos andar 90 km até alcançar a entrada da cidade de Felixlândia.
Seguimos sempre pela BR 040. Até a entrada de Curvelo ela é duplicada e com acostamento perfeito. Ao passar desse ponto, a pista fica simples e com acostamento “por fazer”, porém espaçoso e seguro.

wpid 20130627 095659 1 81° dia. De Paraopeba a Felixlândia

Pedalamos com paisagem de cerrado, ou o que sobrou dele, de ambos os lados. Muita plantação de eucalipto, pasto e carvoarias pelo caminho…
Mesmo com toda degradação, fomos surpreendidos com a visita de tucanos, papagaios e micos para alegrar nosso pedal. Lindos demais!
Batemos um papo rápido e agradável com o Sr Cícero, que nos aguardava no acostamento. Ele leu nossa matéria no jornal Estado de Minas e agora está nos acompanhando.

wpid 20130627 104640 1 81° dia. De Paraopeba a Felixlândia

Com 70 km, o pneu traseiro furou!
Paradinha no acostamento para o conserto, que levou 40 minutos. No nosso caso, temos que retirar toda a tralha da bicicleta, consertar o pneu e depois colocar tudo no lugar.

wpid 20130627 143442 81° dia. De Paraopeba a Felixlândia

wpid 20130627 140258 81° dia. De Paraopeba a Felixlândia

Paramos num barzinho de beira de estrada para tomar um refrigerante e pedimos a dona, uma senhora muito simpática, que enchesse uma garrafinha, já que ela não vendia água mineral. Ela, super atenciosa, disse que encheria com água da torneira mesmo, que é a água que toda a família bebe, e para nos tranquilizar quanto à qualidade da água, foi logo tomando um copo e dizendo:
- Essa água é “salitrada”, vem do centro da Terra, pelo poço “cartesiano”.
Nos deliciamos com tamanha iguaria!
Fechamos o dia com mais um furo de pneu e 92 km pedalados.

Compartilhe e Curta!
 81° dia. De Paraopeba a Felixlândia

Sobre

Romulo e Mariana são casados, amam o cicloturismo e estão dando a volta ao mundo em uma bicicleta tandem.

Outras Aventuras:


Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/pacot547/public_html/doisnabike.com.br/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273