66° dia. Ouro Preto

66° dia. Ouro Preto

jun 15, 2013

Ontem foi dia de visitar Mariana e hoje dedicamos o dia para andar por Ouro Preto. Nessas cidades históricas é impossível passear de bicicleta, pois a ruas são estreitas, existem muitas ladeiras de chão irregular e o trânsito é bem confuso. Sendo assim, a bicicleta ficou de folga durante estes dois dias no camping.
Tivemos o prazer de tomar um café da manhã a convite de Estela e Fernando, amigos que fizemos no camping. Eles viajam de carro pelo Brasil.

wpid 20130613 162230 66° dia. Ouro Preto

wpid 20130613 102532 66° dia. Ouro Preto

               Estela e Fernando

Um pouco da História:
Em 1698, saindo de Taubaté, São Paulo, a bandeira chefiada por Antônio Dias desbrava o Itacolomi na Serra do Ouro Preto e lá constrói a capela de São João. Ali, tem início o povoamento intenso do Vale do Tripui que, trinta anos depois, já possuía perto de 40 mil pessoas em mineração desenfreada, escravas da desesperada exploração do ouro.
Minas foi crescendo e em 1720 tornou-se uma capitania autônoma. Lá encontrava-se ouro como em nenhum outro lugar e minas subterrâneas foram abertas com muito trabalho escravo.
Vila Rica nasceu como resultado da épica aventura da colonização do interior brasileiro, que ocorreu no final do século XVII. Com a Independência, recebe o nome de Ouro Preto e torna-se a capital de Minas até 1897.
Vila Rica cresce e o ouro passa a se tornar escasso. Sua sociedade destaca-se nas artes, nas letras e na política.
A arquitetura é um capítulo a parte, pois o estilo barroco teve o seu esplendor nesta cidade e verdadeiras obras de arte podem ser apreciadas caminhando pelas ruas, principalmente nos templos religiosos. O artista de destaque foi Aleijadinho, que imprimiu seu estilo aqui e em outras cidades.
A Inconfidência Mineira é o apogeu do pensamento político e faz mártires entre padres, militares, poetas e servidores públicos, liderados por Tiradentes.
É instituída Patrimônio da Memória Nacional a partir de 1933 e tombada pelo IPHAN em 1938. Em 1980 é considerada Patrimônio Cultural da Humanidade.
Ouro Preto simboliza definitivamente a síntese da arte colonial mineira pelo acervo cultural riquíssimo que preservou.
Depois de caminharmos bastante, fomos visitar a estação de trem e tivemos a oportunidade de realizar o passeio entre Ouro Preto e Mariana no Trem da Vale, que dura 50 minutos, passando por duas estações antigas, um sítio arqueológico, montanhas e cachoeiras.

wpid São Francisco de Paula 66° dia. Ouro Preto

         São Francisco de Paula

wpid 20130613 111753 66° dia. Ouro Preto

                       Santa casa

wpid N.Sra . das Mercês e Misericórdia Mercês de Cima  66° dia. Ouro Preto

N.Sra. das Mercês e Misericórdia (Mercês de cima)

wpid 20130613 112419 66° dia. Ouro Preto

                     Observatório

wpid Praça Tiradentes 66° dia. Ouro Preto

                Praça Tiradentes

wpid Escola de Minas 66° dia. Ouro Preto

                 Escola de Minas

wpid N. Sra. do Carmo 66° dia. Ouro Preto

                N. Sra. do Carmo

wpid 20130613 115321 66° dia. Ouro Preto

wpid 20130613 115606 66° dia. Ouro Preto

               Mostra de cinema

wpid São Francisco de Assis  66° dia. Ouro Preto

        São Francisco de Assis

wpid Passo de Antônio Dias 66° dia. Ouro Preto

wpid Matriz N. Sra. da Conceição 66° dia. Ouro Preto

     Matriz N. Sra. da Conceição

wpid 20130613 134335 66° dia. Ouro Preto

Trem entre Ouro Preto e Mariana

wpid 20130613 155636 1 66° dia. Ouro Preto

                Para fechar o dia!

Compartilhe e Curta!
 66° dia. Ouro Preto

Sobre

Romulo e Mariana são casados, amam o cicloturismo e estão dando a volta ao mundo em uma bicicleta tandem.

Outras Aventuras:


Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/pacot547/public_html/doisnabike.com.br/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273